Viver com Yiddish2020-12-07T16:19:07-03:00

Núcleo Viver com Yiddish / PUC-Rio: pesquisas, cursos, projetos culturais

Natureza

O “Núcleo Viver com Yiddish: pesquisas, cursos, projetos culturais”, vinculado ao Decanato do Centro de Teologia e Ciências Humanas da PUC-Rio, tem perspectiva interdisciplinar, interdepartamental e interinstitucional. Concebe o Yiddish como resistência e experiência identitária. Faz pesquisas, estudos e cursos sobre e de língua Yiddish, e ações culturais, artísticas e de extensão com crianças e adultos – Oficinas de Yiddish com crianças e Grupo Musical Viver com Yiddish.

Contexto

A língua Yiddish se constituiu na fusão do alemão, hebraico e línguas eslavas, formada em um contexto de plurilinguismo interno e externo. Entre os séculos X e XVII, o Leste Europeu se tornou uma região de extensa população de judeus falantes de Yiddish (ashkenazim) que fugiam de perseguições da França e Europa Central. O Yiddish moderno se expressa na música, literatura, teatro, na cultura popular e no humor judaico.

Objetivos

Favorecer conhecimento da cultura e da língua Yiddish no Brasil; orientar pesquisas sobre Yiddish, língua e cultura; formar jovens professoras/es; realizar atividades de extensão com adultos e crianças em escolas e espaços culturais; realizar ações artísticas de palco (Grupo Musical Viver com Yiddish) com música, dança e teatro.

Coordenação

Sonia Kramer (Departamento de Educação PUC-Rio)
Inès Miller (Departamento de Letras PUC-Rio)
Marcia Antabi (Departamento de Comunicação Social PUC-Rio)

Saiba mais…

Slide

Compromisso e responsabilidade, experiência e pesquisa, língua e cultura Yiddish, música, literatura e a poesia da vida são as marcas das ações e produções do Viver com Yiddish. Voltado ao projeto “Aprender e ensinar Yiddish como resistência e experiência identitária”, nosso trabalho concilia a valorização e a vivência da língua e da cultura Yiddish – o Yiddishkeyt – com o interesse de jovens judeus e não judeus, alunos da PUC-Rio.

Viver com Yiddish ou para o Yiddish, Lebn far Yiddish, – como muitas iniciativas em várias partes do mundo – entende que é possível virar pelo avesso uma história de destruição de um povo e sua cultura.
A resistência se dá na língua, na música, na literatura.

Alguns de nossos objetivos são:

Saiba mais…
Àvenda on-line na Amazon

Livro/CD Likhtik

Ponto de venda on-line:

Contamos com vocês para a divulgação do nosso trabalho.
A sheynem dank!

Conheça nosso canal no Youtube

Visite o canal!

Viver com Yiddish na TV PUC-Rio

Notícias

TV PUC-Rio: Cursos de Yiddish na academia

dezembro 3, 2020|

O Instituto de Pesquisas e Ensino de Línguas da PUC-Rio, IPEL, oferece três novos cursos de Yiddish com início a partir de março de 2021, sob a coordenação da professora Sonia Kramer, do Departamento de Educação. A inclusão na academia tem como objetivo valorizar a [...]

Viver com Yiddish no Kleztival

outubro 12, 2020|

Com muita alegria convidamos a todos a assistir o Kleztival, Festival Internacional de Música Klezmer, que acontece na cidade de São Paulo e este ano será online, de 17 a 25 de outubro. Gratuito. O Grupo Viver com Yiddish faz um show dia 18 de [...]

Idishe Peña – uma celebração do legado Yiddish no México

maio 21, 2020|

Pessoas que amam o Yiddish e o nosso Grupo, Esperamos que todos estejam bem e com saúde! O Grupo Musical Viver com Yiddish vai tocar e cantar no show México/Londres/New York/Brasil/Argentina no próximo domingo 24 de maio, ao lado de outros artistas. Convidamos vocês a assistirem [...]

Ensinar e Aprender Yiddish hoje? 2º dia do evento

novembro 26, 2019|

Alegria e emoção em cada olhar. O segundo dia do Evento "Ensinar e Aprender Yiddish Hoje?" Foi uma imersão na literatura, no cinema e na música Yiddish. A primeira mesa: "Ensinar e Aprender Yiddish: teatro, cinema e literatura de resistência?" moderada pela professora Rosana [...]

Ensinar e Aprender Yiddish hoje? 1º dia do evento

novembro 25, 2019|

O dia 25 de novembro foi marcado por muito Yiddish e muita emoção na PUC-Rio. O primeiro dia do Evento "Ensinar e Aprender Yiddish Hoje?" contou com a abertura de Sonia Kramer, Marcia Antabi e Inés Kayon de Miller. A primeira mesa intitulada "Ensinar [...]

Ir ao Topo